domingo, 2 de dezembro de 2012

Os babados da #FestaSocial1 - edição 2012

Agora que a poeira baixou e todo mundo já se divertiu vendo o Sport ser rebaixado, preparei minha análise da #FestaSocial1, que bombou no Ecomariner, no Pina.

Como sempre, não fui convidado (mesmo sendo estagiário do blog que promove a farra). Os convites eram tão disputados que 15 dias antes já tinha gente bajulando Titia Jungmann com ligações e mandando presentinhos. Mas eu tinha que dar um jeito de ir, questão de honra.

Na quinta-feira, dia da festa, fui na TV Jornal porque soube que o pessoal do Interativo tinha ingresso sobrando. Parece que um produtor de lá não é muito de balada social (ou é crente ou é anarquista) e não queria o ingresso. Fui lá, conversei com um, paquerei outra, joguei uns sorrisos e uns apertos de mão e vualá! Um convitezinho no bolso. Fácil como ganhar do Sport.

Fui no local da festa um pouco antes para dar uma conferida. Ver como seria minha entrada triunfante. Tenho imagens do antes dos preparativos:

A entrada

A montagem do espaço

Planejei chegar em um carro preto, lindo e grandão. Quando descesse, uma chuva de papel picado e os holofotes iluminando meu caminho...

Mas como não tenho carro, fui de busão pegando bigu. Cheguei tarde e todo mundo já tava lá dentro. Nem viram os dois flanelinhas jogando confete na minha cara quando cheguei (ensaiei a entrada com eles).

Entrei e já fui pegando o celular para ver o que estavam postando e dar minhas opiniões. Massssssss... estas merdas de smartphones tem baterias com a duração de um espirro! Que droga. Descarregou bem no comecinho da farra.

Precisei anotar minhas impressões no bom e velho bloquinho para contar a vocês aqui. No entanto, com a maior discrição do mundo: tinha que anotar sem ser notado. Em alguns momentos encontrei refúgio no banheiro para escrever algo (aproveito para um registro: esse pessoal da alta sociedade caga feito elefante, viu? Cada tolete do tamanho de um braço. Hajacu!) ou me esconder atrás de um jarro, na surdina mesmo. Ninguém notou, ainda bem.

No figurino das celebsPE personalidades, Tia Jungmann foi com um vestido que parecia que tinham derrubado um café na sua barriga. E chegou bem animada, com suas duas filhas e marido. Ah, este ano ele não dormiu no sofá, mas quebrou uns 5 copos de whisky. Já as filhas, que mais aproveitam os mimos da mãe, um show à parte. Uma delas bebeu tanto que até levou uma queda no chão.

Parece café, mas é o look estáile! 

O cabelo da equipe do blog parecia um monte de arranjo de casamento. #ProntoFalei.

Cabelos armados: umas tem, outros não

E em festa de gente xique, as gafes são inevitáveis. Rolou gente indo com o mesmo look. Mas o de uma it girl como sobrenome de um país ;) roubou a cena. Era de assustar. Ou ela não sabia em que época estava ou achava que a festa era a fantasia.

O mesmo vestido preto com detalhes dourados. Promoção na Riachuelo.

Os doces de Lana Bandeira não deram para quem quis. Com uma hora de festa, sumiram todos. Teve até dona de loja do Recife guardando uns em sua bolsa que parecia uma pasta. Coisa de mundiça, né? Aprendeu com o pessoal de Tejipió

Mas vamos falar dos shows. Gaby Amarantos tremeu tanto que Tia Jungmann subiu ao palco e pagou um vexame. André Rio e Nena Queiroga também foram ao palco para cantar com Gaby. E adivinha o que cantaram? Claro, aquelas músicas das Virgens, Galo Madrugada e Olinda! Afinal, eles só cantam isso independente do mês ou local...

Vista do Ecomariner. Tinha gente vomitando de tão bêbada nestas águas...

Um estagiário de um famoso blog social tentou roubar a cena e conseguiu. O danado descia até o chão e quebrou umas taças de champa! Pense numa empolgação.

Champa que foi o combustível da pagação de mico. Uum assessor de uma importante casa de shows da cidade bebeu tanto que além de ter quebrados várias taças, sambou tanto que levou foi uma baque. A bunda deve doer ainda hoje.

Ah, e agora a moda é virar alternativo. Tinha gente com look alternativo e outros que faziam a linha conversando em um grupinho com a turma descolex. Esse tipo de gente que fala mal de pagode mas cantam e dançam todas as músicas, sabe? Teve até uma DJ e produtora que não queria ir embora e despistava o marido para ficar na pista até o dia clarear no pagodão.

Galera errando no look: as três loirinhas tão suuuper mal vestidas. Uma tá no clima de carnaval, a do meio misturou renda com chantilly e a terceira (gata) nem tirou o pijama

Com todo mundo se jogando, não demorou muito para começar a pegação. Era homem pegando homem, mulher pegando mulher, sapatão se passando de hetero, gay se passando de hetero, casada se passando de solteira, fotografa pegando assessor... uma delícia.

Até eu peguei duas assessoras, uma designer e uma fotógrafa. Yeah! Só rolou beijinho e pegada nos peitinhos, mas... yeah!

Uma cena engraçada foi ver filha e mãe (das mais colunáveis da cidade, dona de uma das maiores lojas de moda em Boa Viagem) sentadas em uma poltrona que parecia um trono enquanto a galera passava por elas só para cumprimentar e dar a bênção. Fim de ano chegando e todo mundo querendo garantir o look com aquele descontinho, né?

Circulando pela festa, uma atriz que pega Deus e o Mundo e uns punhados de ex-BBB's tentando ser reconhecidos, mas ninguém notou. Acho que era o clima da festa, não tava rolando empolgação do público como nas outras... Por sinal, a festa foi tão fraca que nem prefeito, nem o gov pisaram por lá. Mas vereadores e deputados fracassados, ah, isso tinha de sobra!

Só senti falta foi dos meus amigos de trabalho. Mas esses, parece que a chefa não quer ver nem pintado de ouro. As estagiárias coleguinhas de redação eram ignoradas. Eike equipe unida!

A festa parece que virou dos publicitário mais que dos jornalistas. Era tanto empresário, tanto patrocinador... acho que a farra vai render bons contratos em 2013!

Foi a primeira de muitas até o fim do mundo do ano. Que venham os vexames das confras da PCR e do Governo do Estado!


08' - Quem é Ju Santos? o.O
21" - Uma bisha. Deve ser cabeleireiro ou repórter esportivo.
40" - Toda a naturalidade de nossa Ju Santos (sério, quem é ela?)
1' 15" - Êta, titia... virada, hein?
1' 18 - Aprendi que a palavre "queize" vem sempre acompanhada pela expressão "de sucesso"
2' 30" - Nem tão high society assim, Gabi... eu tava lá.

Update: um videozinho pra animar vocês, com a titia ~tremendo~. É curto porque fiquei com vergonha alheia na hora da gravação.



7 comentários:

  1. Podre essa (Sociedade de Recife).
    Nojo até de ver essas pessoas Hopócritas falando coisas que não tem nada a ver.


    ResponderExcluir
  2. Ju Santos: http://blogjusantos.ne10.uol.com.br/

    ResponderExcluir
  3. "todos os seguimentos sociais"

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    "todo mundo que faz e acontece"

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA


    Só se for tipo Geraldo Julio que faz e ninguém vê ou faz ideia que existe.

    Que mulher hipócrita...

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAH!!

    A apresentadora falando pra câmera me lembra as assistentes de palco do programa "Fantasia"!

    Certeza que foi homenagem.

    ResponderExcluir
  5. A linha tênue entre dançar e ter um AVC no palco.

    ResponderExcluir
  6. a bruxa dessa véia safada chamada Lilia Santos. ela e sua corja pensam que são donas da cidade.

    ResponderExcluir
  7. PASSA-SSA-DeéDê-DA= PASSADA kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir