quinta-feira, 9 de junho de 2011

Abertura do São João do Recife reune menos gente que treino do Náutico

Renato L demonstra todo carinho por uma das cinco testemunhas da abertura do São João


Um punhado de cinco gatos pingados conferiu a abertura do São João do Recife. Pois é. Apenas cinco heroicas testemunhas pra ver show de forró em uma cidade que se muda para Caruaru, Arcoverde e Carpina em junho.

Como era de esperar, o prefeito não foi vaiado. Os presentes estavam constrangidos e até ensaiaram um "valeu a tentaviva, João" pra ver se a coisa ficava animada. Mas não deu. Tava uma morgação só.

O secretário de cultura do Recife, Renato L, passava pelo público agradecendo pessoalmente a presença. A sessão de cumprimentos não durou mais de três minutos.

Não vou nem falar dos shows que rolaram lá pelas bandas do Parque Dona Lindu. Achei melhor ir pra pracinha de BV comer macaxeira de ontem com resto de charque.

Um comentário:

  1. Filipe C. B. Franca12 de junho de 2011 17:29

    Parabéns Estagiário Social pela coragem.
    Vamos continuar mostrando ao público recifense o que estão (Renato L e sua equipe) fazendo com uma de nossas festas mais populares e originais.
    Querem desoriginalizar o São João do Recife
    Conte com o nosso apoio.
    A verdade, doa em quem doer, acima de tudo.

    Filipe Cunha Barreto Franca
    Diretor Executivo da Revista Armazém 15

    ResponderExcluir